Os 10 posts mais lidos do Blog Ser Flamengo em outubro de 2022

Em décimo, trecho da participação do vice de futebol do Flamengo. Marcos Braz fala sobre os possíveis reforços para 2023.

Link: BRAZ FALA SOBRE CONTRATAÇÕES DO FLAMENGO PARA 2023: OSCAR, WALACE, KAIO JORGE E CRISTIANO RONALDO

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Em nono, matéria informando que o Flamengo ainda não atingiu as metas para receber o bônus da parceria.

Link: Parceria entre Flamengo e BRB não atinge metas e clube não recebe bonificação milionária; entenda

 Em oitavo lugar, texto sobre o Flamengo se transformar numa Sociedade Anônima após debate levantado por Wallim Vasconcellos em artigo no Jornal O Globo.

Link: Flamengo S.A.?

Em sétimo lugar, texto sobre a história da fundação do Flamengo.

Link: A História do Clube de Regatas do Flamengo – Gênese no Remo

 Em sexto, a evolução do Manto Sagrado do Flamengo ao longo da história.

Link: A evolução do Manto Sagrado do Flamengo

Foto: Reprodução/Instagram

Em quinto, matéria sobre o atleta do judô do Flamengo que é acusado de agressão por jovem da base.

Link: Atleta sub-15 do Flamengo presta B.O em delegacia e afirma ter sido agredido por lutador do clube

 Em quarto lugar, a diferença dos modelos da camisa da nova camisa do Flamengo para jogador e torcedor

Link: CONHEÇA A DIFERENÇA DOS MODELOS “TORCEDOR” E “JOGADOR” DA NOVA CAMISA DO FLAMENGO; CONFIRA OS DETALHES

Imagem: Reprodução

Em terceiro lugar, Eduardo Bandeira de Mello fala sobre a relação da atual direção do Flamengo com o governo Bolsonaro.

Link:Bandeira fala sobre a relação do Flamengo com o Governo Bolsonaro: “Não pode deixar usar o clube”

 Em segundo, matéria com o resultado das eleições e o desempenho dos candidatos ligados ao Flamengo.

Link: “Bancada Rubro-Negra”: Bandeira de Mello se elege deputado federal e Marcos Braz fica como suplente; veja

Em primeiro lugar, a divulgação da camisa retrô do Flamengo de 1981, produzida pela Adidas.

Link: adidas Originals lança réplica da camisa do Flamengo

+ Siga o Blog Ser Flamengo no Twitter, no Instagram, no Facebook, no Youtube e no Dailymotion.

Comentários

Tulio Rodrigues